Imprimir

Síndrome Vestibular

O sistema vestibular tem como função manter o equilíbrio, e o posicionamento normal da cabeça e dos olhos.

Sindrome vestibula em cachorros

A síndrome vestibular pode ser classificada em PERIFÉRICA e CENTRAL. CAUSAS para o desenvolvimento desta síndrome periférica:

- um problema congênito

- otite interna

-traumatismo de cabeça

- neoplasia

-idiopática (quando não se sabe a causa)

- iatrogênica (aquela causada pelo homem, principalmente durante a limpeza dos ouvidos dos cães)

-geriatrica, ototoxicidade por algum fármaco, substâncias químicas, hipotireoidismo

 E em casos de síndrome vestibular central as causas mais comuns são neoplasias, encefalites, menigoencefalites, trauma, deficiência de tiamina.

É importante que o veterinário saiba diferenciar a síndrome vestibular periférica da central.

Os sinais clínicos da periférica são: head tilt (torção de cabeça), nistagmo horizontal/rotacional (movimentos involuntários do globo ocular) e não faz nistagmo posicional , andar em círculos, desorientação, pode também desenvolver síndrome de horner.

Os sinais da central são: nistagmo horizontal/vertical/rotacional, este nistagmo é posicional e não posicional, head tilt, ataxia, perda da propriocepção, e alteração do estado mental.

sindrome-vestibular-cachorros

A diferenciação entre a periférica e central é importante tanto para direcionar o clínico com relação a causa e também ao prognóstico (chances de cura) visando que a síndrome vestibular central é mais considerada mais grave.

Esta doença surge mais frequentemente em cães idosos (12, 13 anos). Nos gatos pode ocorrer em qualquer idade.

O tratamento com a acupuntura vem garantindo bons resultados, ele pode ser único, ou associado com fitoterápicos chineses aumentando a recuperação no animal.

 

 

 Compartilhe e curta no Facebook: